quarta-feira, 24 de março de 2010

O ESPÍRITO BEIRÃO VENCE QUALQUER BARREIRA (Parte 1)

(Manuela Cardoso numa viagem à Santiago de Compostela. Foto cedida pela própria)

É lisboeta, mas tem alma beirã. Sempre que viaja até Figueira de Castelo Rodrigo deixa lá ficar um pedaço do seu coração. Regressa à capital, sentindo já imensas saudades da vila da Beira Interior que deixou ficar para trás. São as raízes maternas a falar mais alto. Por isso, promete sempre voltar. Nem a doença hereditária de que padece a demove. Esta menina de 44 anos ama dessa forma incondicional tudo o que cria, faz e gere, seja seus filhos, seu marido, sua casa, seus passatempos ou seus cantinhos portugueses.
O seu nome é Maria Manuela Cardoso.

Conte-nos como foi nascer e crescer em Lisboa…
Nasci na Maternidade Alfredo da Costa, no dia 11 de Setembro de 1965. Minha infância foi passada em Benfica, com algumas dificuldades. Os meus pais não eram ricos, eram pessoas de trabalho e com alguns contratempos na vida, mas sempre me deram amor e as coisas mais necessárias. A adolescência foi uma fase complicada, como deve ser para todos, estudei até o 9º ano, deixando a escola por vários motivos, mas hoje tenho pena de não ter continuado, a cabeça de um adolescente é um turbilhão e não dá mais nada senão tempestades. (careta e abana a cabeça)

Suponho que adolescente ficou mais baralhada ainda ao descobrir que sofria de uma doença hereditária?
Penso que sim. Tenho Linfoedema desde que nasci, mas só descobri aos 14 anos. Esta doença caracteriza-se por um ou mais inchaços em algum órgão do corpo, mais propriamente no braço ou da perna, e decorre da perturbação ou obstrução da circulação linfática. O fluido linfático acumula-se no tecido intersticial, o que causa edema, quando os vasos linfáticos estão prejudicados. No meu caso, em vez de conseguir deitar fora os líquidos, eles aglomeram-se nas partes inferiores do corpo. Já cheguei a ter também as mãos e pulsos inchados e dói. Infelizmente é hereditária e já soube que o meu filho tem. A minha menina, ainda não sabemos. (ar preocupado)

(Linfedema primário -  Esta imagem foi retirada da Internet e é apenas ilustrativa, não se tratando dos pés da nossa entrevistada)

A Manuela trata e vigia o seu linfedema. Contudo, o que podia acontecer se não fosse tratado atempadamente?
Quando não é tratado, torna-se uma doença crónica na qual os sintomas se agravam consideravelmente como a sensação de peso e de desconforto, a perda de mobilidade, as deformações estéticas. Em casos extremos, surgem situações malignas. Há dois tipos de lifoedema: Primário e Secundário. O Primário, no qual me incluo, ocorre no nascimento, na adolescência ou na idade adulta e é devido a uma deficiência do sistema linfático. O Secundário pode resultar de uma cirurgia, como é o caso do cancro da mama, da remoção de gânglios axilares, dos tratamentos à base de radiações, isto é, em todos os casos onde haja interrupção do sistema linfático. Neste último, pode desenvolver-se logo após a cirurgia, semanas, meses ou até anos mais tarde.

Sabe dizer-nos qual é o tratamento adequado a estas situações?
A Drenagem Linfática Manual é eficaz porque não só ajuda a reduzir o fluido linfático, como também encontra percursos colaterais que ajudam a drenar e a reduzir o edema. As outras técnicas de massagem não permitem isso e até devem ser evitadas por se correr o risco de fechar temporariamente os vasos linfáticos na área afectada. Enfim, é inestético e extremamente desconfortável, mas é uma doença não tem cura.

Na próxima quarta-feira, veremos as repercussões da doença na vida de Manuela e como ela lhe deu a volta ;)

14 comentários:

M. Lourdes disse...

A Manuela é um ser maravilhoso que conheço através da internet. Sendo uma autodidacta, nestas coisas da blogosfera ela tem sido uma boa amiga, sempre pronta a ajuda-me e a ensinar-me.
Gosto muito dela e espero que consiga ultrapassar sempre os seus problemas de saúde com a força que tem tido até hoje, para poder ajudar o marido e educar os seus filhos.
Um beijinho,

Lourdes

Helena Teixeira disse...

Olá Manuela!
Concordo com a Lourdes.A Manuela é um ser espectácular,sensível,amiga dos seus amigos e da família.Alias,os membros e visitantes do Clube das Mulheres Beirãs vao ficar surpreendidos com esta mulher e com a próxima do dia 7.Conhecem-nas da blogosfera e com as entrevistas vão passar a conhecê-las melhor.Eu passei a admirá-las e estão no meu coração :)

Jocas enormes para a Manuela
Lena

Manuela disse...

amigas que lindo fiquei junto sas velhas eheheh.
Somos 3 velhotas.
Adorei amiga não posso mandar ainda por email para os amigos virem cá ver pois o messenger não deixa mas logo á noite mando para todos virem cá. Mas vou colocar no blog já já.
Beijinhos muitos a todos especialmente á Helena e Lourdes que gosta de mim e eu nem sabia, abraço amiga do coração.
Manuela

LOURO disse...

A Manuela,é uma amiga que conheço
da net e blogosfera,sempre desponivel e pronta para ensinar e ajudar os amigos,super simpática,
amiga porque quem tenho muito carinho,
beijinhos de amizade para a Manela.
Lourenço

Isa disse...

Gostei muito da entrevista.
Fluente,simples e falando claramente dos assuntos.
Vamos à 2ª parte...
Beijo.
isa.

manuel marques disse...

Conheço a manela da net (blog)já falei com ela algumas vezes através do mensseger e ela é uma Mulher maravilhosa.

Abraço.

Ana Martins disse...

Vim até aqui por curiosidade, nunca ouvi falar da sua doença e fiquei um pouco apreensiva. À minha Mãe, hoje com 67 anos incham-lhe as pernas desde a adolescencia. Casou com 18 anos e consultou muitos médicos, inclusivé em Angola. Acredita que na altura nunca foi diagnosticado de que padecia?

Hoje continua a inchar e no Verão é pior ainda, nem se consegue calçar, apenas chinelos e não podem ser quaisquer uns.

Actualmente já nem se queixa do inchaço das pernas, acho que aprendeu a viver com isso!

Beijinhos,
Ana Martins

Duarte disse...

Para mim, na distância, uma pessoa maravilhosa. Muito activa e criativa.
Razões que me levam a deduzir de que não terá nenhuma dificuldade em superar o seu problema. Considero-a disciplinada, só assim se superam este tipo de adversidade.
Ânimo!!!
Um grande abraço

jaume disse...

Olá Manuela, sou eu o Jaume, o catalão louquinho pelo fado , mas também pelos amigos, pela boa gente. Vas-me perdoar o meu português, ainda estou de aulas... mas queria dizer-te minha amiga que há pessoas como tu que emfrentam as dificuldades com coragem e sempre pela frente. São as boas pessoas que fazem isso, como a minha amiga, porque conhecem e sofrem os problemas, e têm essa sensibilidade que os fazem especiais.
Para minha amiga tão especial um abraço do tamanho do mundo.
jaume

Sandra disse...

Amei a entrevista amiga.
Conheço-te por este meio. Mas é como se a conhecesse a muito..
Sinto um grande tranquilidade em nos comunicarmos. Pena que não temos muito tempo para isso. A vida real nos ocupa muito.
Mas fiquei muito feliz em te conhecer um pouco mais e também por conhecer um desse problema. Me avise quando tiver mais.
carinhosamnete,
sandra

Joseph disse...

A Manela, é a Manela!
Ri, chora, zanga-se, faz as pazes, é muito chegada à família e aos amigos, e faz das tripas coração, para não dar o braço a torcer.
É uma lady extraordinária, pronta a ajudar seja quem for, mas tem um defeito (é SPORTINGUISTA....)!!!!
Ela vai-se rir, quando ler isto, porque sabe que eu só lhe desejo tudo de bom na vida, para ela e para os seus.
Força aí Manuela, que o amigo anda sempre por perto, embora não pareça.
Cá o Beirão de Viseu, aguarda a 2ª. parte.
Beijinhos & Hugs:))
(Ah, e uma flor para uma flor!)....É que ela é linda por dentro e por fora!
Fuiiiiiii.......

Sônia Silvino disse...

A Manu é um amor de pessoa: atenciosa, prestativa e muito talentosa. Sua criatividade transborda e encanta os amigos blogueiros.
Bjkas!

Manuela disse...

Obrigado amigos a todos uma boa Páscoa, que a Luz de Cristo seja para vocês a maior benção de todas e que ilumine os vossos passos.
Abraço grande
Manuela

Anónimo disse...

Olá Manuela, para mim é um prazer se tua prima, embora emprestada mas assima de tudo tua amiga, nunca te esqueças. Força para continuares a ser a pessoa bem disposta e maravilhosa que tu és. Conta sempre comigo sempre que precisares nem que seja só para uma palavra de conforto, pois estamos a centenas de Km.
Bjs.