segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

O Clube apoia o Cantinho da Amamentação

"A amamentação é o melhor presente que uma mãe pode dar a um filho".

Como fundadora deste blog, não podia ficar indiferente a esta grande causa. Nos tempos em que correm, torna-se importante alertar a todas as mulheres , que têm como projecto vir a ser mães, para a importância da amamentação:

  • porque amamentar é um verdadeiro acto de amor... uma dávida da Natureza sem igual...um privilégio ... que só uma mãe pode dar ao o seu bebé.

Como mulher e mãe , não podia deixar de partilhar a minha experiência que tive, e ainda tenho, com os meus filhotes. Tenho dois rapazinhos: o mais velho tem cinco anos e o mais novo fez ontem precisamente 18 meses.

Fiz questão de amamentar os meus dois filhos, porque sempre soube que era o melhor para eles , por 3 razões válidas:

Porque...é...

  • a maneira mais prática , rápida e eficaz de os alimentar :o leitinho está sempre disponível, prontinho a servir com a temperatura ideal, a qualquer hora .
  • não necessita de biberons, nem daquela"tralha" toda para preparar o leite (3/4 biberons, esterlizadores, leite em pó, água fervida e quente num termo...)
  • amamentar alimenta, acalma, consola e mima o bébé.

  • Porque "mamar é doce".

Tive e ainda tenho duas experiências e vivências diferentes com o acto de amamentação:

Com o meu primeiro filho, consegui amamentá-lo até secar o peito, tinha ele nove meses. Para amamentá-lo foi precisa uma grande força de vontade, porque o horário do trabalho não era compatível com o horário das refeições do bebé.

Vivia em Viseu e tive que deixar o meu filho na creche desde os três meses, enquanto ia trabalhar para Tondela, na qualidade de professora-estagiária de História.

Como era estagiária, não tive direito a qualquer regalias nem facilidades por ser mãe , como gozar a baixa por maternidade, ou ter redução de horário para amamentação.

Apesar dos obstáculos, tinha uma convicção : amamentar o meu filho.

Pensei, com angústia, como iria consegui-lo, sem prejudicar o trabalho e o bebé. Foi por acaso, quando ia comprar biberons da AVENT, que a vendedora falou-me nessa solução: tirar o meu leite com uma bomba e congelar em saquinhos próprios para o efeito.

Essa solução salvou o meu dia !

A partir desse dia, passei a mandar saquinhos de leite materno congelado para darem ao bebé na creche . E assim aconteceu durante nove meses.

Foi difícil, mas consegui.

No caso do meu filho mais novo, o acto da amamentação aconteceu e ainda acontece com muita serenidade. Sim, ele já tem 18 meses e ainda mama, até quando ele quiser...ou até deixar de haver. Isso só é possível, porque fiz opções na minha carreira profissional.

Decidi deixar o ensino e iniciar uma actividade empresarial. Não é fácil, mas permite-me acompanhar de perto os meus dois filhos e posso dar-me ao luxo de ter uma ama a tomar conta do bebé no meu local de trabalho .

Por todas as razões, pense nisso:

Quando chegar o momento mágico da chegada do seu filho, não hesite em oferecer-lhe o melhor presente que lhe pode dar para comemorar a sua vinda ao mundo : poder alimentá-lo com leite materno, com todos os nutrientes necessários para o desenvolvimento equilibrado e saudável do seu bebé.

  • Desejo toda a felicidade para a mamã e para o bebé!


5 comentários:

Marli disse...

Susana,
Obrigada! Fiquei muito contente por sua visita e também por me seguir, seja muito bem-vinda! Parabéns por sua linda página com tanta informação boa e incentivo à amamentação e todo seu esforço. Aqui no Brasil também as mamães enfrentam problemas semelhantes para amamentarem seus bebês. Existem "bancos de leite materno", assim chamado, que recebem doações de outras mulheres e que funcionam em hospitais para suprir a alimentação dos bebês cujas mães não têm leite. Também quero ser sua seguidora! Bjinhos e até a próxima!

Susana disse...

Marli: Também agradeço as suas palavras e o comentário. Por acaso cá em Portugal falou-se há relativamente pouco tempo num banco de leite materno. Essa iniciativa possibilta que todos os bébés possam ter acesso ao leite materno que, por razões diversas, não tiveram a sorte de receber da sua mãe biológica.

Beijinhos e até à próxima

Marli disse...

Susana,
Mais uma vez agradeço os comentários e me sinto gratificada com sua atenção, pois procuro sempre passar uma boa informação, que bom ter pessoas como você por perto! Obrigada pelo convite e quero sim fazer parte de seu clube. Como Faço?
Abraço e até a próxima.

Susana disse...

Olá Marli! Posso tratar por tu?O primeiro passo é enviar o teu email, para poderes aceder ao clube, como co-autora.
E obrigada por aceitares o meu convite( sinto-me muito honrada por seres, oficialmente, a primeira sócia deste clube).

Beijinhos!

Vanessa disse...

Olá, este é um comentário de contagem regressiva para a coletiva O livro da Minha Vida. Espero vc amanhã.

Abraço!